Vamos assistir um filme?

Por - 7.3.18

Pixabay


Bom amores, no terceiro dia da nossa semana especial eu resolvi fazer uma listinha de filmes que mostram o poder que nós mulheres temos e inspirar quem precisa. Eu escolhi filmes que realmente me marcaram quando eu assisti eles e espero que ajudem vocês também. Então aqui estão meus 14 filmes preferidos sobre mulheres:

14 – Joy: O Nome do Sucesso (2016)
Sinopse: “Inspirado em uma história real, o filme mostra a emocionante jornada de uma mulher que é ferozmente determinada a manter sua excêntrica e disfuncional família unida em face da aparentemente insuperável probabilidade. Motivada pela necessidade, engenhosidade e pelo sonho de uma vida, Joy (Jennifer Lawrence) triunfa como a fundadora e matriarca de um bilionário império, transformando sua vida e a de sua família.” Fonte: Café com Filme
Classificação: Maiores de 10 anos.

13 – Gravidade (2013)
Sinopse: “Matt Kowalski (George Clooney) é um astronauta experiente que está em missão de conserto ao telescópio Hubble juntamente com a doutora Ryan Stone (Sandra Bullock). Ambos são surpreendidos por uma chuva de destroços decorrente da destruição de um satélite por um míssil russo, que faz com que sejam jogados no espaço sideral. Sem qualquer apoio da base terrestre da NASA, eles precisam encontrar um meio de sobreviver em meio a um ambiente completamente inóspito para a vida humana.” Fonte: AdoroCinema  
Classificação: Maiores de 12 anos

12 – Frida (2002)
Sinopse: “Um acidente de ônibus mudou irreversivelmente a vida da então adolescente Frida. Viajando ao lado de seu antigo namorado, Alejandro Gomes Aríaz, seu ônibus colidiu com um bonde, matando diversas pessoas e ferindo muitas outras. Abandonada pelo namorado, quando finalmente voltou a andar, Frida ousou visitar o já renomado pintor Diego Rivera para ouvir uma crítica profissional. Diego se interessou não apenas por seu trabalho, mas também pela tenacidade, charme e beleza da jovem artista. Diego e Frida se casaram em Coyoacan em 21 de Agosto de 1929, apesar da fama de mulherengo que Diego tinha. Frida passou a vida entre uma cirurgia e outra para tentar corrigir a coluna e viveu artisticamente à sombra do marido, sempre perdoando seus casos extraconjugais e se satisfazendo com o seu próprio desejo por outras mulheres.” Fonte: Filmes no Brasil
Classificação: Maiores de 14 anos.

11 – Frances Ha (2012)
Sinopse: “Nessa deliciosa história, conhecemos Frances e Sophie, sua melhor amiga e com quem ela divide apartamento em Nova York. Frances é brincalhona e tem ar de quem não deseja crescer. Seu sonho é ser uma dançarina de balé moderno famosa, mas atualmente precisa se contentar com bem menos sucesso e reconhecimento do que gostaria. A história começa a se desenvolver quando ela recusa o convite do namorado para que morem juntos para não deixar Sophie sozinha, mas a amiga não tem a mesma atitude quando surge a oportunidade de morar em um lugar melhor, mesmo que isto signifique que ela e Frances passem a morar separadas. Assim, começa a jornada de Frances em busca de um novo lugar que se adeque às suas finanças, já que ela é apenas aluna em uma companhia de dança à espera de uma chance de integrar o grupo de bailarinos que encenará o espetáculo de Natal. Mesmo diante das dificuldades, Frances tenta manter o alto astral diante os problemas que a vida adulta traz.” Fonte: Deve ser isso?!
Classificação: Maiores de 14 anos.

10 – Nise: O Coração da Loucura (2016)
Sinopse: “Ao sair da prisão, a doutora Nise da Silveira volta aos trabalhos num hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro e se recusa a empregar o eletrochoque e a lobotomia no tratamento dos esquizofrênicos. Isolada pelos médicos, resta a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início a uma revolução regida por amor, arte e loucura.” Fonte: Wikipédia
Classificação: Maiores de 12 anos.


9 – Revolução em Dagenham (2010)
Sinopse: “1968, Dagenham, Inglaterra. Entre os milhares de funcionários da Ford estão 187 mulheres que recebem pouco e trabalham em condições precárias. Revoltadas e sob a liderança de Rita O'Grady (Sally Hawkins), elas iniciam uma greve que abala o país e muda o mundo.” Fonte: AdoroCinema
Classificação: Maiores de 16 anos.

8 – As Sufragistas (2015)
Sinopse: “Baseado em uma história real, o filme acompanha os primeiros movimentos feministas, com mulheres que eram soldadas de infantaria na luta por direitos ao voto (ao sufrágio). O longa-metragem relata como elas forçadas à clandestinidade em um jogo de gato e rato com um Estado cada vez mais brutal.” Fonte: Café com Filme
Classificação: Maiores de 14 anos.

7 – Terra Fria (2006)
Sinopse: “Após um casamento fracassado, Josey Aimes (Charlize Theron) retorna à sua cidade natal, no Minnesota, em busca de emprego. Mãe solteira e com dois filhos para sustentar, ela é contratada pela principal fonte de empregos da região: as minas de ferro, que sustentam a cidade há gerações. O trabalho é duro mas o salário é bom, o que compensa o esforço. Aos poucos as amizades conquistadas no trabalho passam a fazer parte do dia-a-dia de Josey, aproximando famílias e vizinhos. Incentivada por Glory (Frances McDormand), uma das poucas mulheres da cidade que trabalha nas minas, Josey passa a trabalhar no grupo daqueles que penam para arrancar o minério das pedreiras. Ela está preparada para o trabalho duro e, às vezes, perigoso, mas o que não esperava era sofrer com o assédio dos seus colegas de trabalho. Como ao reclamar do tratamento recebido é ignorada, ela decide levar à justiça o caso.” Fonte: AdoroCinema
Classificação: Maiores de 14 anos.

6 – O sorriso da Mona Lisa (2003)
Sinopse: “Katharine Watson (Julia Roberts) é uma recém-graduada professora que consegue emprego no conceituado colégio Wellesley, para lecionar aulas de História da Arte. Incomodada com o conservadorismo da sociedade e do próprio colégio em que trabalha, Katharine decide lutar contra estas normas e acaba inspirando suas alunas a enfrentarem os desafios da vida.” Fonte: AdoroCinema
Classificação: Maiores de 12 anos.

5 – Comer, Rezar, Amar (2010)
Sinopse: “Elizabeth (Julia Roberts) descobre que sempre teve problemas nos seus relacionamentos amorosos. Um dia, ela larga tudo, marido, trabalho, amigos, decidida a viver novas experiências em lugares diferentes por um ano inteiro. E parte para a Índia, Itália e Bali, para se reencontrar numa grande viagem de autoconhecimento.” Fonte: AdoroCinema
Classificação: Maiores de 12 anos.

4 – Mulher Maravilha (2017)
Sinopse: “Treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível, Diana Prince (Gal Gadot) nunca saiu da paradisíaca ilha em que é reconhecida como princesa das Amazonas. Quando o piloto Steve Trevor (Chris Pine) se acidenta e cai numa praia do local, ela descobre que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e decide deixar seu lar certa de que pode parar o conflito. Lutando para acabar com todas as lutas, Diana percebe o alcance de seus poderes e sua verdadeira missão na Terra.” Fonte: AdoroCinema
Classificação: Maiores de 12 anos.

3 – Histórias Cruzadas (2012)
Sinopse: “Jackson, pequena cidade no estado do Mississipi, anos 60. Skeeter (Emma Stone) é uma garota da sociedade que retorna determinada a se tornar escritora. Ela começa a entrevistar as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca, da qual a própria Skeeter faz parte. Aibileen Clark (Viola Davis), a emprega da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista, o que desagrada a sociedade como um todo. Apesar das críticas, Skeeter e Aibileen continuam trabalhando juntas e, aos poucos, conseguem novas adesões.” Fonte: AdoroCinema
Classificação: Maiores de 12 anos.

2 – Estrelas Além do Tempo (2017)
Sinopse: “1961. Em plena Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética disputam a supremacia na corrida espacial ao mesmo tempo em que a sociedade norte-americana lida com uma profunda cisão racial, entre brancos e negros. Tal situação é refletida também na NASA, onde um grupo de funcionárias negras é obrigada a trabalhar a parte. É lá que estão Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughn (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janelle Monáe), grandes amigas que, além de provar sua competência dia após dia, precisam lidar com o preconceito arraigado para que consigam ascender na hierarquia da NASA.” Fonte: AdoroCinema
Classificação: Livre

1 – A Princesa e o Sapo (2009)
Sinopse: “Tiana (Anika Noni Rose) é uma bela jovem que vive em Nova Orleans. Desde criança ela sonha em ter um restaurante próprio, o que faz com que tenha dois empregos e junte o máximo de dinheiro possível. Para conseguir a quantia necessária para que possa enfim alugar o imóvel de seus sonhos, ela aceita trabalhar na festa realizada por Charlotte LaBouff (Jennifer Cody), sua amiga de infância. Charlotte deseja conquistar o príncipe Naveen (Bruno Campos), que acaba de chegar à cidade. Entretanto, um incidente faz com que Tiana troque de roupa e, no quarto de Charlotte, use um de seus vestidos. É quando surge um sapo, anunciando ser um príncipe e pedindo a Tiana que lhe conceda um beijo, para que o feitiço nele aplicado seja quebrado. De início Tiana acha a ideia repugnante, mas aceita ao receber a promessa do príncipe de que conseguirá para ela a quantia necessária para concretizar o aluguel. Só que, ao beijá-lo, ao invés dele se tornar humano novamente, é Tiana quem se transforma em sapo.” Fonte: AdoroCinema
Classificação: Livre

Algumas pessoas podem estranhar o fato de A Princesa e o Sapo estar em primeiro lugar, mas esse filme marcou muito minha infância, ver uma princesa parecida comigo e que ainda por cima luta pelo que quer foi simplesmente incrível. Comer, Rezar, Amar é meu filme preferido de todos os tempos, e não só porque tem a Julia Roberts.
Todos esses filmes mostram histórias de mulheres fortes, que lutam por seus ideais em épocas e situações diferentes, mas LUTAM. E é isso que eu espero que esses filmes inspirem vocês a fazer, lutarem por seus sonhos e não deixar ninguém dizer que você não pode.  
Espero que tenham gostado do post, ficarei muito feliz se deixarem suas dicas aqui embaixo, quanto mais dicas melhor.
Beijão!

Para conferir os outros posts da semana especial é só clicar na imagem abaixo. 

Lumusiando





Você também pode se interessar por:

2 comentários

  1. Caraca, adorei essa listinha! Assisti a alguns já, mas vou correr atrás dos que faltam também! Um motivo para eu gostar muito de Divergente e Jogos Vorazes é essa força e representatividade.

    https://oprimeiroato.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Fico muito feliz que tenha gostado. E siiiiim, é muito bom ver essa representatividade, faz a gente se sentir muito bem.

      Beijão!

      Excluir