O que ser fã de Justin Bieber me ensinou

Por - 15.11.17

Avante
Imagem: Avante


Quando, lá em 2009, eu virei fã de Justin Bieber muita gente me tachou de ridícula. Hoje em dia quando eu conto que ainda sou fã dele (porque ia ser uma modinha que ia passar, mas já dura 9 anos), as pessoas chegam a me chamar de maluca. Mas, infelizmente, como diz o famoso ditado “As pessoas não entendem o que não acontece com elas”. Eu sei que é difícil entender uma relação entre um fã e um ídolo, mas não é porque você não teve isso que você tem que sair chamando outras pessoas de idiotas por ter ok?! Então resolvi escrever algumas coisas que eu aprendi sendo belieber.
Ser fã de Justin Bieber me ensinou que você será taxado de idiota quando escolher seguir o caminho diferente. Me ensinou que não importa o quanto você tente ser uma pessoa boa, as pessoas sempre se lembrarão do momento em que você não conseguiu. Me ensinou o quanto a sociedade é hipócrita quando se esquece que pessoas famosas são pessoas. Me ensinou que a ideia de que dinheiro compra felicidade é muito mais nojenta do que aparenta. Me ensinou que não tem vergonha nenhuma em errar, desde que você aprenda e se torne uma pessoa melhor com seu erro. Me ensinou que nunca é tarde demais pra dizer “desculpa”. Me ensinou que antes de agradar aos outros, eu tenho que estar de bem comigo. Me ensinou que mesmo com todo mundo falando não, eu devo correr atrás do sim. Me ensinou que não é possível voar se você não se permitir cair. Me ensinou que o importante não é vencer para o mundo, mas sim para mim. Me ensinou que pessoas vão entrar na minha vida, mas nem sempre para ficar. Me ensinou que eu preciso me perder antes de me encontrar. Me ensinou que quando você tem respeito e admiração por uma pessoa, a opinião alheia não vai tirar isso de você. Me ensinou que demonstrar meus sentimentos não faz de mim uma pessoa fraca, mas sim uma pessoa forte. Me ensinou que todo mundo nasceu para ser alguém. Me ensinou que ter um propósito é fundamental para saber onde se quer chegar. Me ensinou que todo dia é dia de crescer. E me ensinou muitas outras lições. Mas me ensinou principalmente que não importa o que digam do seu “Justin Bieber”, pois a opinião que interessa no final não será de quem te conhece pelos outros, será a sua e a de quem conhece o seu “Justin Drew Bieber”.

E se você tem algum cantor ou ator ou celebridade que já te ensinou coisas que ninguém imaginaria, comenta aqui embaixo que eu vou adorar saber.

Você também pode se interessar por:

2 comentários

  1. Adorei o post! Quando contei pra minha mãe que gostava do Justin Bieber (sem tê-lo como ídolo) ela começou a me dar um sermão, mas quer saber? Eu nem me importei, meus gostos meus ídolos kkk. Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkk super entendo, aqui também foi uma batalha, mas aceitaram.
      Beijão!

      Excluir